-A A +A
Campus de Goiabeiras - Vitória

Festival de Cinema Europeu 2016

A 12ª edição do Festival de Cinema Europeu exibe 17 filmes em nove capitais brasileiras ao longo dos meses de maio e junho. Em Vitória estão programados 11 produções europeias entre os dias 23 e 29 de junho, no Cine Metrópolis . A entrada é franca em todas as sessões.

O Festival de Cinema Europeu é promovido para comemorar o Dia da Europa, celebrado em 9 de maio. Esta data é festejada desde 1950, quando foi proferida a Declaração de Schuman, que propôs uma nova forma de cooperação politica no continente europeu, então devastado pela II Guerra Mundial.

Sessenta e seis anos se passaram desde a assinatura dessa declaração e nesse período o mundo viveu grandes transformações. O trânsito de pessoas aumentou drasticamente e a tecnologia tornou mais fluida a circulação de informações.

Atualmente, a convivência se tornou intensa e assim está sendo necessária a observação das diferenças. Diante destas urgências, o tema do Festival neste ano é “Convivências”. A seleção dos filmes nesta edição aborda o tema em diferentes perspectivas: desde os dilemas sociais entre países distantes até os familiares.

Apesar de um mesmo tema, as características de cada exibição poderão despertar diferentes visões dentre os espectadores. Poderá ser observada a dificuldade na travessia de fronteiras, como ocorre com os personagens Hope e Aglaja, em filmes homônimos. Ainda somos convidados a conhecer a intimidade dos lares de Kees e Karin nos documentários Só o melhor para o nosso filho e Uma separação.

Acesse o site da Semana da Europa e do Festival de Cinema Europeu em Vitória.

Programação

Dia 23/06 (Quinta), 20h

Aristides de Sousa Mendes, O Cônsul de Bordéus, de Franscisco Manso e João Correa.
(Portugal, 2011, cor, 90’)

Com: Vitor Norte, Carlos Paulo, João Monteiro

A extraordinária história do herói português que salvou mais de 30.000 vidas durante a Segunda Guerra Mundial. Ao desrespeitar a circular de Salazar que determinava a proibição de concessão de vistos a quaisquer refugiados judeus Sousa Mendes escreveu seu nome na história.

Classificação Indicativa: 12 anos

 

Dia 24/06 (Sexta), 20h

Aglaja, de Krisztina Deák
(Hungria, 2012, cor, 116’)

Com: Babet Jávor, Piroska Móga, Eszter Ónodi

Baseada em fatos reais, esta é a história da infância e adolescência de Aglaja, filha de uma família de artistas circenses do Leste Europeu. A família foge para a Europa Ocidental após cometer um roubo que os permite começar uma nova vida.

Classificação indicativa: 16 anos  

 

Dia 25/06 (Sábado), 16h30

Uma Separação (A Separation), de Karin Ekberg
(Suécia, 2014, cor, 70’)

Tudo bem jogar fora seu velho vestido de casamento? O que fazer com as taças de cristal que ninguém quer? O documentário explora os últimos atos de um longo casamento.

Classificação indicativa: livre

 

Dia 25/06 (Sábado), 18h

Feliz para Morrer (Srecen za umret), de Matevz Luzar
(Eslovênia, 2013, cor, 100’)

Com: Evgen Car, Milena Zupancic, Vladimir Vlaskalic

Ivan, um professor da música aposentado, está cansado de viver. Por isso, compra uma tumba e entra num lar de idosos, já pronto para morrer. Porém, num curso da informática ele descobre a paixão de viver, joie-de-vivre, e em fim começa a viver.

Classificação indicativa: livre

 

Dia 25/06 (Sábado), 20h

Só o Melhor para Nosso Filho (Het Beste Voor Kees), de Monique Nolte
(Países Baixos, 2014, cor, 87’)

Kees tem 49 anos, é autista e ainda mora com seus pais. O amor deles deu a Kees a possibilidade de se desenvolver como um adulto relativamente independente. Mas o que acontecerá quando os pais dele, agora com 80 e 83 anos, não puderem mais cuidar dele?

Classificação indicativa: livre

 

Dia 26/06 (Domingo), 16h30

Hope, de Lojkine Boris
(França, 2014, cor, 86’)

Com: Justin Wang, Endurance Newton, Nabyl Fally Koivogui

Léonard salva Hope da morte em pleno deserto do Saara. Ele é camaronês, ela nigeriana, e os dois desejam abandonar a África e alcançar a Europa. Defendendo-se dos perigos da área hostil, eles firmam uma parceria que logo evolui para romance. 

Classificação indicativa: 10 anos

 

Dia 26/06 (Domingo), 18h 

As Ovelhas Não Perdem o Trem (Las Ovejas no Pierden el Tren), de Alvaro Fernández Almero
(Espanha, 2014, cor, 103’)

Com: Raúl Arévalo, Inma Cuesta, Alberto San Juan

Uma turma de amigos, de uns 40 anos, afrontam as mudanças da sociedade atual. A falta de trabalho, a necessidade de se reciclar, as histórias de amor que poucas vezes seguem o “para sempre” e a sensação de que as coisas não são como tinham nos falado.

Classificação Indicativa: 12 anos

 

Dia 26/06 (Domingo), 20h

Fair Play, de Andrea Sedlácková
(Rep. Tcheca, 2014, cor, 100’)

Com: Vlastina Svátková, Anna Geislerová, Berenika Kohoutova

Tchecoslováquia, década de 80. A jovem atleta Anna está selecionada para a equipe nacional e treina para se qualificar para os Jogos Olímpicos. Como parte da preparação, ela é colocada em um “programa médico” secreto onde é dopada com esteroides anabolizantes.

Classificação Indicativa: 12 anos

 

Dia 27/06 (Segunda), 20h

O Limpador (Cistic), de Peter Bebjak
(Eslováquia, 2015, cor, 94’)

Com: Éva Bandor, Noel Czuczor, Kamil Kollarik

Tomás é um jovem não muito sociável. Ele vai ao psiquiatra, claramente obrigado. O hobby dele é ficar escondido e observar a rotina dos vizinhos. Um dia ele se apaixona por Kristina, que mora com o irmão mais velho. Tomás logo percebe que há algo de errado com esta família.

Classificação indicativa: 16 anos

 

Dia 28/06 (Terça), 20h

O Idealista (Idealisten), de Christina Rosendahl
(Dinamarca, 2015, cor, 114’)

Com: Peter Plaugborg, Soren Malling, Thomas Bo Larsen

Durante a guerra fria, um avião americano contendo bombas de hidrogênio sofre um acidente perto da base americana na Groenlândia. Diversos trabalhadores dinamarqueses são escalados para limpar o local do acidente. 20 anos depois, um velho trabalhador da base conta a um jovem jornalista sobre doenças estranhas e mortais que afetam seus companheiros e que poderiam estar associadas à carga contida no avião.

Classificação indicativa: 10 anos

 

Dia 29/06 (Quarta), 20h

Ocidente (Westen), de Christian Schwochow
(Alemanha, 2013, cor, 102’)

Com:Jördis Triebel, Tristan Göbel, Jacky Ido

No verão de 1978, Nelly Senff, doutora em engenharia química, com seu filho, foge de Berlim Oriental para começar uma nova vida em Berlim Ocidental. Os dois vão parar em um abrigo de refugiados, mas a burocracia alemã os causa dificuldades.

Classificação Indicativa: 12 anos
 

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910